A grande maioria das plantas destes grupos apreciam grande luminosidade porém algumas não gostam muito de sol direto. Alguns gêneros como Haworthias e gasterias preferem sol indireto ou meia-sombra que realçam seu tom de verde e o sol direto muitas vezes às deixam queimadas e com coloração amarelada. 

 

Apesar de muitas plantas se darem bem ao sol pleno, cabe lembrar que o sol escaldante do verão, principalmente nas horas próximas ao meio-dia são bastante prejudiciais a qualquer planta.

Substrato é o nome dado à terra do vaso onde está vivendo a planta, no nosso caso, os cactos e suculentas. O substrato neste caso deve ter boa drenagem para que não acumule água e consequentemente apodreça as raízes causando a morte da planta.

É possível que o substrato tenha materia orgânica pois os cactos e suculentas apreciam. Uma boa receita é misturar uma parte de terra vegetal ou humus de minhoca com uma parte de areia grossa lavada, destas que se encontra em madeireiras. 

Dicas de Cultivo

Substrato

Luminosidade

As regas são as maiores dúvidas em relação aos cactos e suculentas. Primeiro basta lembrar que se tratam de plantas e não de pedras, ou seja, precisam sim de água. Claro que cactos em grande parte precisam de pouca água para sobreviver necessitando de poucas regas.

 

A regra básica é molhar apenas quando a terra estiver seca. Mas principalmente deve-se é observar o comportamento da planta quanto a sua necessidade de água. No inverno a rega pode ser de até 15 dias para suculentas e 20 dias para cactos. No verão uma ou duas vezes por semana é o suficiente se o clima não estiver cozinhando

Regas

Potes

Os cactos e suculentas admitem os mais variados potes e vasos. No cultivo profissional é mais utilizado os vasos de plástico pela sua praticidade e pelo fato do plástico não absorver a água do substrato (terra). Desta forma para o cultivador profissional a economia de água nas regas é maior. No caso do cultivo nas residências pode-se continuar utilizando os vasos em plástico que já vem as plantas ou modificá-los pelos mais diversos tipos encontrados no mercado.

Os vasos de cerâmica, principalmente para os cactos, são muito interessantes pois possuem a capacidade de respiração maior do substrato, absorvendo a água em excesso dentro do pote.

Muito utilizado atualmente são recipientes adaptados como vidros e canecas, que se dão muito bem com estas plantas pois as regas podem ser poucas e espaçadas.

acesse mais dicas no nosso blog em:

blog